Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

domingo, 4 de junho de 2017

Estou apaixonada. Perdidamente apaixonada

Vi-o e o meu coração acelerou de tal forma que saiu do peito e corri para o apanhar.
E depois, os meus olhos não viam mais nada a não ser ele. Uma audição de bandolins e nem conseguia ouvir a música só porque o som aos meus ouvidos não era tal qual o do meu coração apaixonado.

Mê Dês, que sufoco! Ainda disse em boca-pequena à minha filha, sem que nada ninguém ouvisse, se ela conhecia. Disse-me que  não. Pedi-lhe que perguntasse à professora, mas, certamente, era mais conveniente mandar mensagem para que ninguém ouvisse.
Lindo e estou completamente perdida de amores por ele...e sonho....e imagino-o aos meus pés rendidos a mim...
Dsejo há muito tempo uma lufada de ar fresco na minha vida...tem de ser meu....

Estou à espera que me diga. Por favor, por favor, pelise (e aqui colo as mãozinhas para o céu), diz-me se sabes onde posso comprar um par de sandálias iguais às que estavam nos pés da professora de bandolim, diz-me filha linda, canão a mami morre de desejo!

14 comentários:

  1. Qual a mulher que não se apaixona por um belo par de sandálias? Decerto vai ter um montão de rivais desejando o mesmo.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Em busca das sandálias!

    r: Não posso dizer que não o tenha encontrado, mas com tanto por viver acho que isso ainda está em aberto. Apesar disso, adorei aquela frase, daí estar nos meus pensamentos periclitantes :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. haha!A adoração para aquelas sandálias parece-me sincéra.Desejo a Senhora Um bom fim de semana sem pés dolorosos
    abraço

    ResponderEliminar
  4. Tens de ganhar coragem e perguntar onde e quando ... é que podes ter acesso!
    Às vezes também me atrevo!!! Bj

    ResponderEliminar
  5. Móh....estamos em sintonia, eu, apaixonei-me por uma botas, é a prova que os gosto são relativos.
    Caso queira visitar-me, vá! não sou umas sandálias mas pode apreciar o meu rosto.
    Toine, Marafade.

    ResponderEliminar
  6. Também já passei por esse tipo de paixões mas infelizmente não tive um final feliz pois não comprei as coisas. Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  7. Uma bela história. Sensível história.
    Parabéns.
    Um abraço e bom domingo.
    Pedro

    ResponderEliminar
  8. Coisas que nos destroçam o coração! Eheh

    ResponderEliminar
  9. Tambem eu me apaixonava por uns lindos sapatos ou sandalias.

    ResponderEliminar
  10. :)) Estão e a exclusividade? vamos sair com umas sandálias que andaram com outra ou pior ainda que andam com várias outras?

    ResponderEliminar
  11. Se eram assim tão engraçadas,
    porque é que as deixaste fugir
    pinta nos pés um par sandálias
    jamais precisarás de te afligir!

    ResponderEliminar
  12. Ai Melher, tens de ir resolver isso. Paixão sem retorno dá direito a coração partido :))

    ResponderEliminar
  13. Ahahahahaha!...
    Paixão é fogo... e se for por sandálias... é mesmo a valor... antes que passem de moda... :-D
    Bjs
    Ana

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...