Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

domingo, 28 de maio de 2017

Deu-me uma...












...Branca, alva, clara,  nívea, assim como quem passou lixívia no cérebro...
Não tenho nada para dizer. Estou vazia de palavras.
Não me lembro de algo com substância e fico aqui a congeminar e a dar cabo da cabeça e não sai nada. Oca, vazia...
Enquanto isso o mundo gira e as horas avançam...
Rezem para que seja passageiro. Vamos fazer a corrente de oração.

24 comentários:

  1. Quem foi que te deu só uma,
    se tu querias pelo menos duas
    uma é melhor do que nenhuma
    gosto de ler as palavras tuas!

    Bom domingo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai, Edu.....
      Duas é melhor que uma? Com uma estou aflita o que fará se fossem duas!
      Estou prenhe de vazias
      Kis :=}

      Eliminar
  2. :)) Afinal, sempre te lembraste de alguma coisa, Mana!

    Bota aí uma foto tua, daquelas bem bonitas. Mas sem chapéu...

    Beijos. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Màna vou procurar...
      Mas é isso. Tou vazia
      Kis :=}

      Eliminar
  3. Vou-me já embora, pode ser contagioso :D

    Prima, um beijinho que isso passa :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Prima...
      Pode ser e pode não ser...
      E continuo branca alva de neve
      Kis :=}

      Eliminar
  4. Os domingos são para isso mesmo, para pensar em nada! ;) Beijinhos e resto de bom domingo.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  5. Nah m`digas, Mós deb....tabem m`deu u`branca, má q`onde é q acaba o munde?.
    Toine Marafado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mê Toine...
      Nam quero qu' acabe o munde. Deixá-lo girar...
      Ele é grande nam tem fim.
      Vamilhá gkrar com ele
      Kis :=}

      Eliminar
  6. Nada mau!
    Deu para declarares que não há declarações a fazer!
    Vai passar!
    Beijo

    ResponderEliminar
  7. Uma branca? Não me diga que é do Guimarães. É isso, Gi? Lamento neste momento já está tudo vermelho. Rsrsrs
    Um abraço

    ResponderEliminar
  8. Aos domingos as brancas são permitidas :)

    ResponderEliminar
  9. Como eu entendo esse problema. Tenho-o todos os dias ahahah
    Kiss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tenho muitos tbm...
      Aí da há pouco abri a porta do frigorífico e não sabia para quê...e fiquei ali a olhar ...
      Kis :=}

      Eliminar
  10. Sinceramente, com correntes não me comprometo.
    Aliás, a única vez que o fiz foi com uma corrente de ar e digo-te: apanhei uma constipaçõn tamanha que levou uma semana a deixar-me.
    O que me ocorre na área do branco, é um verde ou um maduro, bem frescos que até activam a imaginaçõn!
    Beijos com sorrisos, às cores!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Kok.....
      Branco tbm gosto. Mas mesmo assim prefiro o tinto
      Kis:=}

      Eliminar
  11. Acho que me contagiaste, ando cheia de brancas. Vou já começar a minha corrente de oração, vamos ver se resulta rsrsrsr

    Beijinhos Gi

    ResponderEliminar
  12. Há dias em que parece que a nossa inspiração vai de férias!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  13. Isto está uma branca com muitas palavras, espero que já tenha passado...
    um beijinho e uma boa semana
    (e obrigada pela pista da canção, estive a estudar a coreografia e tudo :)

    ResponderEliminar
  14. Uma branca acontece a todos de quando em vez.
    Depois passa.
    Bjs, boa semana

    ResponderEliminar
  15. Acontece-me muito mas depois voltamos ao normal com mais ideias ainda :) Beijinhos*

    ResponderEliminar
  16. Não é grave... ao fim de meia hora... já começa a perder o efeito... :-D
    Se a coisa estivesse negra... é que era bem pior!... :-)
    Bjs
    Ana

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...